imgscarpin

Como ser você mesmo e não chocar? A autenticidade muitas vezes traz desafios, como quebra de paradigmas. Saber conciliar seu estilo pessoal e o dress code é, muitas vezes, difícil.

No meu caminhar passei por algumas regras e imposições, seja no serviço, seja em instituições ou em grupos que frequentei – algumas aceitas e impostas por mim mesma, outras seguidas para não escandalizar as pessoas ao meu redor. Lembro-me de uma vez que resolvi usar um scarpin amarelo – lindo e super na moda – e isso deu o que falar! Tanto que aqui estou contando a história.

Em um evento, no qual estaria à frente por um momento, fui advertida por estar com o meu sapato amarelo, pois este tiraria a atenção das pessoas, segundo a advertência. Eu, toda de preto, com o sapato amarelo. Dentro de mim pensei: será que meus pés vão realmente escandalizar ou tirar a atenção de alguém? Pensei também se este era o momento adequado para advertir uma pessoa que estava se preparando para subir ao palco. Me desestruturei. Pensei que ia tirar toda a atenção das pessoas, que ninguém ia me ouvir e que meu sapato ia realmente “roubar a cena”. Bem, com ou sem o sapato, eu tinha que subir ao palco. Afinal, estava ali para isso. Subi e fiz o que me propus fazer – com o sapato amarelo – e percebi que nem dava para ver meus pés direito de onde estava, pois o palco não era alto. Tentei esquecer o ocorrido e cumpri meu papel com o polêmico sapato amarelo.

Ao final do evento uma pessoa se aproximou de mim e falou que tinha algo para me dizer. Logo pensei: “Lá vem mais um falar do meu sapato amarelo! Ninguém merece isso…” Mas, para minha surpresa, essa jovem falou de como foi edificante ouvir tudo ali e que Deus tinha falado para ela que Ele tinha um plano grande para minha vida.Fui embora pensando naquilo e entendendo um pouco do que Ele queria para mim. Naquele dia entendi que era para eu seguir minha vida assim… Com meu sapato amarelo.

Quantas vezes somos questionados pelo que vestimos? Garanto que, na maioria das vezes, estas questões e controvérsias vêm cheias de “achismos” e gostos pessoais, de normas que as próprias pessoas vivenciaram durante toda sua vida e as tornaram, por isso, inflexíveis.

A moda hoje é versátil – ela abrange vários estilos e pessoas – e pode ser usada de formas variadas, conforme gosto pessoal de cada um. O mundo hoje é globalizado e o visual adotado por cada indivíduo expressa, mais do que nunca, parte de sua personalidade. Vestir-se de acordo com seu estilo demonstra fidelidade de quem você é e do que quer expressar. Por isso resolvi escrever e inspirar outras pessoas a usarem seu SAPATO AMARELO, sua BLUSA VERDE, sua CALÇA VERMELHA, seu TENIS ROXO, seu BLAZER ROSA,… Enfim, que este seja um espaço de descoberta e de acréscimo ao seu estilo pessoal.